fbpx

Como Montar Um Provedor: Tecnologias

Aqui no meu blog, eu já falei sobre Como Eu Montei O Meu Primeiro Provedor De Internet, já falei sobre O Que É Necessário Para Que Você Possa Tirar O Seu Próprio ASN, já expliquei sobre O Que São As Redes PON, já mostrei uma Estratégia De Aluguel De POP, já dei Dicas Valiosas Para Você Saber Contratar Os Melhores Funcionários Dentro Do Setor De Telecom, e ensinei diversas outras coisas abordando tópicos essenciais para que você entenda bem sobre como montar um provedor de internet de altíssima qualidade e obter grande sucesso dentro do setor de telecom.

            Hoje, no entanto, nós vamos começar a fazer uma análise um pouco mais aprofundada para que você possa entender direitinho quais são os procedimentos para montar um provedor de internet e, dessa maneira, se tornar um verdadeiro milionário do setor de telecom.

            Para montar um provedor de internet dos bons, a primeira coisa que você precisa saber é: analisar qual a tecnologia de transmissão de dados melhor se encaixa nas características do seu provedor e qual você deve utilizar.

Nesse caso, existem três tipos principais de tecnologias de transmissão de dados que o dono de um provedor de internet precisa conhecer e saber usar. São elas: método de transmissão de internet via rádio (ou apenas transmissão via rádio ou internet via rádio), o cabo de rede (ou cabeamento metálico) e a fibra óptica.

            Nós, hoje iremos analisar cada uma dessas tecnologias de transmissão de dados para que você saiba exatamente qual escolher na hora de montar o seu provedor de internet. E assim, não terá mais nenhuma dúvida na hora de escolher a tecnologia de transmissão de dados que melhor se encaixa no seu provedor de internet.

            A primeira tecnologia de transmissão de dados que nós iremos analisar é o método de transmissão de internet via rádio, mais comumente chamado apenas de transmissão via rádio ou de internet via rádio. O método de transmissão de internet via rádio é especialmente bom para donos de provedor de internet que ainda não possuem um orçamento alto o suficiente para poder investir no seu provedor de internet. Isso porque o método de transmissão via rádio é um tipo de tecnologia de transmissão de dados de baixo custo de compra de materiais e de instalação.

            No entanto, o método de transmissão de internet via rádio é um tipo de tecnologia de transmissão de dados que já está muito ultrapassado para os padrões de uso de internet atuais. Dificilmente você vai conseguir atender as demandas comerciais de internet atuais utilizando apenas o método de transmissão via rádio. Por conta disso, eu aconselho esse tipo de tecnologia de transmissão de dados apenas para provedores de internet que ainda são muito pequenos e que não possuem dinheiro o suficiente para conseguir investir em uma tecnologia de transmissão de dados de maior qualidade e capacidade.

            A segunda tecnologia de transmissão de dados que nós iremos analisar hoje para que você saiba exatamente qual usar na hora de montar um provedor de internet de qualidade é o cabo de rede, também comumente chamado de par metálico ou de cabeamento metálico.

            O cabo de rede é um tipo de tecnologia de transmissão de dados já bem mais avançada do que o método de transmissão de internet via rádio. Por conta disso, ele é um tipo de tecnologia de transmissão de dados um pouco mais cara do que o método de transmissão de internet via rádio, mas é um preço que vale a pena ser pago se você quer entregar uma internet de melhor qualidade para os seus clientes.

            Por mais que o cabo de rede seja sim uma tecnologia de transmissão de dados bem melhor do que o método de transmissão de internet via rádio, quando pensarmos em montar um provedor de internet realmente bom, que entregue um serviço de alta qualidade, o cabo de rede não é a melhor opção de tecnologia de transmissão de dados, e tão pouco é a mais indicada. Ainda assim, o cabo de rede é bem mais indicado e preferível do que o método de transmissão de internet.

           

Dentre todas as três tecnologias de transmissão de dados que citamos aqui nesse artigo, sem dúvidas, a fibra óptica é a melhor de todas. E, além disso, a fibra óptica é a que eu mais recomendo para você que está pensando em montar um provedor de internet de boa qualidade.

            Os únicos dois reais problemas da fibra óptica é que primeiro: a fibra óptica tem um custo muito mais elevado em comparação às outras duas tecnologias de transmissão de dados apresentadas anteriormente e segundo: a fibra óptica possui uma manutenção muito complexa e demorada. Por isso, a fibra óptica acaba sendo uma tecnologia de transmissão de dados é preferível para donos de provedor que já são mais experientes na área.

            Entendendo um pouco melhor sobre esses três tipos muito importantes de tecnologias de transmissão de dados, você já consegue ter um norte por onde começar. Essas informações são muito importantes para quem deseja montar o seu provedor de internet. Eu irei postar mais artigos tão detalhados quanto esse explicando direitinho todos os aspectos que envolvem a dinâmica de “como montar um provedor de internet”, e assim abordarei com mais detalhes cada um dos três tipos de tecnologias de transmissão de dados mencionados acima.

Até lá, você pode dar uma olhada nos outros artigos que eu já escrevi explicando a como montar um provedor de internet.

Fonte utilizada para a produção deste artigo: Confira as diferenças entre fibra óptica e par metálico.

Allan Caldas é Digital Influencer a 10 anos, programador, Profissional de TI, Eletrônica e Eletrotécnica.

Proprietário de provedor de provedor internet grande numa empresa especializada em links dedicados corporativos e telefonia.

Trabalha no setor de Telecom a 14 anos.

Autor do treinamento Milionários da Telecom (Curso que ensina a montar um provedor de Internet do Zero).

Escreva um comentário

1 comment

Sugestões de leitura

Lista VIP