fbpx

Como Montar Um Provedor De Internet: Cabo De Rede

A primeira coisa que vem a mente quando pensamos em como montar um provedor de internet no cabo de rede são os custos básicos que você vai ter com aquele provedor. Três custos importantes que eu posso citar são:

  1. O aluguel do escritório em que o seu provedor de internet vai ficar; nós podemos chutar um preço de 1500 reais por mês.
  2. A conta de energia elétrica, que fica em torno de 300 reais por mês.
  3. E por último seus funcionários, que podem lhe custar até 3.000 reais por mês cada.

           É importante ressaltar, que se você for montar um provedor de internet na sua própria casa; não vai precisar se preocupar com esses custos tão cedo assim. Uma soma que gera por volta de 4.800 reais por mês.

A segunda coisa que você deve se lembrar de quando estiver pensando em como montar um provedor de internet no cabo de rede é um meio de controlar as finanças do seu provedor de internet. Para isso, você vai precisar de um sistema de gestão, que custa mais ou menos 300 reais por mês; um contador que geralmente vai te cobrar cerca de 200 reais; e uma consultoria regulatória que é 200 reais, mas que você aprende a fazer por conta própria no meu curso “Milionários da Telecom.”

Aliás, nesse meu curso eu te dou dicas muito valiosas sobre como montar um provedor de internet. Caso você decida não fazer o curso Milionários da Telecom, você pode contratar uma empresa para fazer essa consultoria para você, e ela vai te entregar o tão importante relatório SICI. No total, você vai gastar com tudo isso 700 reais por mês.

            A terceira coisa que você precisa ter em mente ao pensar em como montar um provedor de internet no cabo de rede é a própria internet! Nisso, você vai precisar ou de um link dedicado, que vai te custar cerca de 1000 reais por mês, ou de uma banda larga, que vai te custar apenas 150 reais por mês, mas que eu pessoalmente não te recomendo porque pode trazer problemas no futuro.

            Sendo assim, partindo do pressuposto de que você escolheu montar um provedor de internet em casa, ou seja, não vai se preocupar com os gastos do primeiro parágrafo, e que você decidiu que é melhor contratar um link dedicado e não uma banda larga, seus gastos básicos por mês vão ser de mais ou menos 1700 reais.

            No entanto, além de saber como montar um provedor de internet; você também vai precisar saber como tornar o seu provedor de internet legal perante o sistema de leis brasileiro.

Para que o seu provedor de internet seja legalizado, você vai precisar tirar o seu CNPJ, o que vai te custar mil reais; e tirar a sua dispensa (que também é conhecida como licença da Anatel), e para tirar a sua dispensa, você vai gastar cerca de 1800 reais contratando uma empresa para fazer esse serviço para você. Lembrando, é claro, que no curso Milionários da Telecom você vai aprender a tirar a sua licença você mesmo, o que vai fazer você economizar bastante dinheiro.

            Antes de montar um provedor de internet, você vai precisar ter um carro. Uma boa opção de carro é um Fiat Mobi modelo 2018 usado. Você vai gastar mais ou menos 25 mil reais em um carro desses. É claro que se você já tiver um carro você não vai precisar comprar um carro novo; mas ainda assim, você vai ter que se preocupar em instalar uma escada no seu carro. Uma escada de telecom custa cerca de 900 reais.

            E, é claro, as ferramentas necessárias para trabalhar como um provedor de internet. Como por exemplo: um kit de alicates de rede com um testador de redes, que juntos custam em torno de 80 reais; e um jogo de ferramentas básicas, um de 100 reais já está de bom tamanho.

Portanto, se você já tem suas ferramentas não precisará comprar um kit novo.

            Ao montar um escritório próprio, você vai ter despesa com a mobília também. Eu acredito que para um provedor de internet, com 10 mil reais, você consegue montar um bom escritório.

            Algo muito importante e que você precisa planejar quando estiver pensando em como montar um provedor de internet é um projeto.

Todo provedor de internet precisa de algo chamado pop. Ele é composto por: um armário básico de telecom que custa em torno de mil reais, de preferência um armário externo; um roteador, que você encontra no mercado por cerca de 1950; um retificador, que você vai gastar cerca de 350 reais; e duas baterias modelo DF700, que você vai pagar cerca de 250 reais em cada uma. Totalizando tudo isso, da um gasto de 3200 reais.

            Por último, você vai perceber que existem alguns equipamentos próprios para se trabalhar com o cabo de rede. Esses equipamentos são: O próprio cabo de rede, que você vai precisar comprar 600 metros de cabo, e pagar cerca de 236,00 reais; conectores, você vai precisar de 5 desses e vai pagar, no total, 100,00 reais. Você vai precisar de pelo menos 10 caixas herméticas, que no total vão lhe custar cerca de 150,00 reais; e switchs, que ao comprar 10 switchs você vai gastar 750,00 reais. No final dessa conta você vai ter gasto 1.236,00 reais. E você pode atender até 60 assinantes com esse equipamento em específico.

            Você pode saber mais sobre esse assunto assistindo ao vídeo que deu origem a este artigo, é só Clicar Neste Link.

            Você também pode saber sobre outros tipos de tecnologias para saber como montar um provedor de internet lendo este meu artigo: Como Montar Um Provedor De Internet – Tecnologias.

Allan Caldas é Digital Influencer a 10 anos, programador, Profissional de TI, Eletrônica e Eletrotécnica.

Proprietário de provedor de provedor internet grande numa empresa especializada em links dedicados corporativos e telefonia.

Trabalha no setor de Telecom a 14 anos.

Autor do treinamento Milionários da Telecom (Curso que ensina a montar um provedor de Internet do Zero).

Escreva um comentário

Sugestões de leitura

Lista VIP