fbpx

A importância de ter um DNS na sua rede

Você que é dono de provedor e acha que não precisa ter um DNS na sua rede está muito enganado, e eu vou te explicar o porquê.

Por exemplo, vamos supor que você tenha um tradicional 8.8.8.8, e milhões de usuários na sua rede; Toda essa galera está conectada no seu concentrador PPPOE, e no seu PPPOE tem um DNS. Certo?

Normalmente, no seu MiKrotik, você habilita o “allow remote request” e o 8.8.8.8. Mas, você sabe qual o principal problema de um servidor 8.8.8.8?

Ele não está dentro da sua rede, ou seja, para fazer uma consulta nele, é preciso ir até o PTT e voltar. Pior ainda é quando ele não está no PTT, pode acontecer de ele estar lá nos Estados Unidos, por exemplo. Em outras palavras, esse é um recurso de banda que você está consumindo e que teroricamente poderia economizar; melhorando, inclusive, a experiencia de navegação do seu usuário.

Mas, por que isso? Suponhamos que você tenha uma máquina DNS. Essa máquina DNS é o que a gente chama de recursivo, ou seja, é uma máquina que faz “perguntas”; ela vai até os autoritativos, onde ficam os provedores das páginas, para “perguntar” onde está essa determinada página que você quer encontrar.

Agora, imagine que apenas um dos milhões de usuários que eu citei no começo abre uma página do site G1. Dentro dessa página do G1 existem vários outros redirecionamentos DNS. Só para você ter uma ideia, dentro de uma única página pode haver até 60 solicitações de DNS, por isso que é tão crucial que você tenha um desses em sua rede.

Mas como colocar um DNS dentro da rede?

Para isso, você vai precisar de uma máquina Linux e instalar um servidor DNS nela. Essa máquina Linux vai se conectar com os servidores raiz e vai te dar a resposta de onde está o site que você está procurando. E ao mesmo tempo, ela monta um cache para se algum outro usuário da sua rede quiser encontrar esse mesmo site, a resposta já vai estar armazenada, deixando o processo ainda mais rápido.

Em outras palavras, é importante lembrar que ao implementar um DNS na sua rede você aumenta muito o desempenho dela, e é por isso que é tão importante ter um DNS.

Você pode assistir ao vídeo que deu origem a este artigo Clicando Neste Link

Você também pode ler este meu outro artigo onde eu falo sobre Sistema Autônomo: O que é E Porque Ter Um.

Allan Caldas é Digital Influencer a 10 anos, programador, Profissional de TI, Eletrônica e Eletrotécnica.

Proprietário de provedor de provedor internet grande numa empresa especializada em links dedicados corporativos e telefonia.

Trabalha no setor de Telecom a 14 anos.

Autor do treinamento Milionários da Telecom (Curso que ensina a montar um provedor de Internet do Zero).

Escreva um comentário

Sugestões de leitura

Lista VIP