fbpx

O Meu Primeiro Provedor De Internet

            Quando eu montei o meu primeiro provedor de internet eu tina 24 anos e eu trabalhava na área de tecnologia da informação. Isso aconteceu em 2005. No começo, eu achava que eu tinha montado o meu primeiro provedor de internet apenas pela questão da necessidade de um cliente, mas com o tempo eu vi que na verdade eu estava seguindo o ritmo da sociedade.

            Nessa época ainda não existiam os smartphones, a novidade era a banda larga, e ainda assim, a banda larga não estava tão expandida quanto ela está hoje. Então, eu achei que como TI eu iria apenas resolver o problema do velox de um cliente.

            Meu primeiro provedor de internet foi um provedor residencial. Eu atendia comunidades não porque eu queria, mas porque fazia parte de uma estratégia da tecnologia. Mas como funcionava essa estratégia que eu apliquei?

            O que eu fiz com o meu primeiro provedor de internet foi instalar uma antena setorial no alto de um prédio e depois ir à casa de cada cliente instalar uma antena. O problema é que do computador do cliente para a antena o cabo tinha uma limitação de 15 a 20 metros, o que cabia perfeitamente numa questão de comunidade, já que as casas possuem menos andares.

            Depois de um tempo, no entanto, eu descobri que atender empresas era muito mais lucrativo. Isso porque em questão de mensalidade um cliente empresarial vale o equivalente a 15 cliente residenciais. Nessa época o meu primeiro provedor de internet chegou a ter clientes de 5 mil reais que ficaram comigo durante anos. Hoje em dia ter um contrato de 5 mil reais é um absurdo de tão difícil.

            A grande proporção que o meu primeiro provedor de internet começou a tomar foi em 2008, quando eu fui expulso de um apartamento que eu morava em São Roque.

            Quando eu fui morar ali, mal se ouvia falar de internet naquelas regiões. Três anos depois de eu ter me mudado para aquele lugar me apareceu uma oportunidade de começar a trabalhar com internet via rádio, e o alto do terraço do prédio onde eu morava era perfeito para colocar antenas, isso porque era um prédio muito alto e ficava num lugar muito alto que não era uma comunidade.

Eu fui expulso por ter colocado 14 antenas no terraço daquele prédio, e depois disso eu nunca mais montei qualquer coisa em um lugar que eu tivesse alugado. Inclusivo eu te aconselho a fazer o mesmo. Quando eu fui expulso eu precisei mudar três coisas: O lugar onde eu morava, o escritório da empresa e 14 enlaces.

A primeira coisa que eu fiz foi alugar uma casa que ficava na frente do prédio, o que de certa forma resolveu o problema dos enlaces. Eu não poderia ter ido para algum lugar muito longe, porque isso iria prejudicar a minha rede.

A segunda coisa que eu fiz foi arrumar um escritório com um cliente meu que tinha uma gráfica. Esse cliente tinha muitas salas vazias na gráfica dele, e negociando um pouco eu consegui alugar uma das salas por um preço acessível para o que eu tinha na época, aquele cliente me ajudou muito. Eu fiquei nesse escritório por um ano.

Quando eu fui expulso do meu apartamento no São Roque eu tive que começar a alugar pop em outros lugares. Nessa época eu estava quebrado, ainda mais por ter que sair tão às pressas do lugar que eu estava. Por conta disso, eu aprendi algo muito importante e que muitos provedores não sabem fazer, que é justamente saber alugar pop.

Se você quiser entender mais sobre o que eu aprendi nessa época, você pode ler o meu outro artigo onde eu abordo uma Estratégia de Aluguel de Pop.

Ou, se você quiser mais dessa minha história, você pode assistir ao primeiro episódio do meu podcast Milionários da Telecom, clicando Neste Link.

Allan Caldas é Digital Influencer a 10 anos, programador, Profissional de TI, Eletrônica e Eletrotécnica.

Proprietário de provedor de provedor internet grande numa empresa especializada em links dedicados corporativos e telefonia.

Trabalha no setor de Telecom a 14 anos.

Autor do treinamento Milionários da Telecom (Curso que ensina a montar um provedor de Internet do Zero).

Escreva um comentário

1 comment

Sugestões de leitura

Lista VIP