fbpx

O Sistema de Telecomunicação

Quem acompanha os posts aqui no blog, sabe que constantemente venho falando sobre “Telecomunicações”, de uma forma indireta ou correlacionada com outros assuntos. Mas, neste artigo em específico eu gostaria de enfatizar e definir este termo, para que possam entender melhor sobre o que fazem as empresas de telecomunicações e qual a importância dela nos dias atuais.

Telecomunicações envolve todas as formas de comunicação à distância. O prefixo “tele” de origem grega significa: distância ou longe. Constituem um ramo da engenharia elétrica que engloba projeto, implantação, manutenção, e controles de redes de comunicação. Como é o caso das redes de televisão, telefonia, emissoras de rádio, internet e até satélites.

Este sistema consiste na conversão de sinais elétricos que permitem o tráfego de informações entre emissor e destinatário. E só é permitido fazer a prestação destes serviços, empresas que detenham concessão, permissão ou autorização dos órgãos reguladores.

Existem alguns critérios que classificam os sistemas de telecomunicação de acordo com a finalidade. Os principais são:

  • Comercial: quando é administrado por alguma empresa que cobra pelos serviços. Como é o caso das empresas de serviços de telefonia móvel e internet.
  • Governamental: Não é utilizado para fins comerciais e pertencem a órgãos governamentais. Como por exemplo, os sistemas de radiocomunicações utilizados pelo departamento de polícia.
  • Privado: utilizado para atender interesses particulares de grupos e pessoas.

Quanto a sua abrangência territorial, pode ser classificada como: local, regional, nacional e internacional, como é o caso da internet que transcende as fronteiras do país.

Os serviços de telecomunicações estão presentes na história desde a primeira metade do século XIX, com o surgimento do telégrafo elétrico e em seguida, o advento do telefone.

Com o passar dos anos e a crescente evolução tecnológica, a comunicação à distância tem se tornado cada vez mais imprescindível no dia a dia das pessoas e empresas.

A telefonia fixa por exemplo, apesar de possuir uma infraestrutura bem desenvolvida nos grandes centros, vem perdendo espaço para outros segmentos do ramo. Mas é um serviço ainda muito utilizado pelas empresas.

O segmento de internet fixa, que atualmente é mil vezes mais utilizado do que o telefone fixo, permite que pessoas e empresas se conectem de forma simples, rápida e mais barata.

Por outro lado, o segmento que de fato domina este setor em disparado é a telefonia e internet móvel. Estes serviços vêm crescendo numa velocidade absurda. Segundo dados da Anatel, o número de linhas móveis no Brasil, já ultrapassa a soma da população total. Ou seja, existe mais de um serviço ativo para cada usuário.

Além de ser mais prática e abrangente, a internet e telefonia móvel conseguem chegar a áreas rurais e mais afastadas com qualidade. E isto faz com que as tornem dentre todos os segmentos que citamos o mais desejado na atualidade.

Tendo em vista este cenário, a tendência é que as empresas prestadoras de serviços de telecomunicações busquem oferecer a seus clientes experiências cada vez mais inovadoras a fim de suprir a crescente demanda e atender à necessidade humana de se comunicar à distância.

Allan Caldas é Digital Influencer a 10 anos, programador, Profissional de TI, Eletrônica e Eletrotécnica.

Proprietário de provedor de provedor internet grande numa empresa especializada em links dedicados corporativos e telefonia.

Trabalha no setor de Telecom a 14 anos.

Autor do treinamento Milionários da Telecom (Curso que ensina a montar um provedor de Internet do Zero).

Escreva um comentário

1 comment

Sugestões de leitura

Lista VIP