fbpx

É possível montar um provedor de internet gastando pouco?

O setor de telecomunicações cresce a cada dia e tem se tornado um mercado bastante atrativo e promissor. O que significa um aumento de oportunidades de emprego e principalmente, de grandes negócios.

No Brasil, existem cerca de 17 mil provedores de internet e por isso, você tem a opção de trabalhar para algum deles ou ser dono do seu próprio provedor.

A boa notícia é que para montar um provedor de internet você não precisa gastar muito. Além da grande variedade de ofertas que temos hoje a relação custo x benefício dos equipamentos tem ficado ainda melhor e consequentemente mais acessíveis.

Se você vai montar um provedor de internet, pode pegar o roteador mais simples que tiver, como por exemplo, o HP Light.

Ele é um roteador barato, tem Wi-fi e cabo de energia USB. Além de duas portas separadas de internet e Lan.

Mas a pergunta que muitos fazem nesse momento é: Com isso você já monta o provedor?

– Monta, sim! Com certeza!

Ainda que você insista e talvez até me critique… Pô Allan, ninguém monta um provedor com um equipamento desse!!!

Eu reforço que monta sim. E tudo vai depender da sua definição de provedor. Se olharmos a situação por um âmbito conceitual, é totalmente possível.

Vamos supor que você tem uma internet em casa e vende para quatro vizinhos, logo, você tem um provedor de internet, não é mesmo?

Para situações como essa é que eu indico usar esse tipo de equipamento. Se a ideia é montar um provedor de internet gastando pouco, você pode usá-lo sem problema algum.

Apesar de que eu não sugiro começar com ele. Eu sugiro que você comece com um equipamento um pouco melhor.

Porque como já falamos hoje em dia os preços são todos muito acessíveis e a relação custo x benefício é muito bacana. Vale a pena investir R$ 1.000,00 por exemplo, em um equipamento melhor e começar legal.

Até porque o provedor precisa começar pequeno, mas já com a ideia de expansão, para conquistar o seu espaço.

Está mais do que comprovado, que os pequenos provedores têm importância significativa nesse processo, uma vez que as grandes empresas têm preferência por atender locais de fácil acesso e grandes regiões. Abrindo oportunidades para que os pequenos empreendedores avencem e conquistem novos territórios.

Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), os pequenos provedores de internet, já lideram o mercado em mais de 1200 municípios e são responsáveis por 12% do total de conexões no país.

Como grande diferencial dessa área o provedor deve buscar sempre as melhores opções para inovar em seus serviços e garantir um atendimento de excelência ao consumidor, destacando-se principalmente de seus concorrentes.

Por isso, investir nesse setor, não só é uma boa alternativa para quem quer ter o negócio próprio, como também a mais promissora em termos de mercado e oportunidades.

E você aí? Está esperando o que? Cadastre-se na minha lista VIP e faça parte do Programa Milionários da Telecom – onde eu ensino a montar um provedor de internet do zero.

Allan Caldas é Digital Influencer a 10 anos, programador, Profissional de TI, Eletrônica e Eletrotécnica.

Proprietário de provedor de provedor internet grande numa empresa especializada em links dedicados corporativos e telefonia.

Trabalha no setor de Telecom a 14 anos.

Autor do treinamento Milionários da Telecom (Curso que ensina a montar um provedor de Internet do Zero).

Escreva um comentário

Sugestões de leitura

Lista VIP